Imagem capa - Nosso maior arrependimento em nosso casamento por Paulo Degering Rosa Junior

Nosso maior arrependimento em nosso casamento



Hoje eu quero compartilhar com você que ainda não conhece nossa história, um pouquinho da maior frustração que carregamos até hoje por um erro no planejamento do nosso casamento. E é por isso que só temos fotografias amadoras de nosso casamento.


Quando nós nos casamos, em abril de 2013, nós ainda não eramos fotógrafos. Assim, procuramos nosso fotógrafo como a maioria dos casais: buscando fotos "bonitas" e um preço que coubesse no nosso orçamento. E, claro, encontramos.


Chegamos a um casal, que nos recebeu em seu escritório. Suas fotos pareciam bonitas, pelo menos à época. Ofereceram um pacote super interessante, com foto e vídeo inclusos, por um valor bastante atraente. Fechamos.


Foram 8 meses sem que ouvíssemos falar deles. Na semana do casamento tivemos que ligar para eles para termos certeza de que eles realmente apareceriam. Apareceram, sim, mas não eles. Terceirizaram nosso casamento. Quem apareceu lá não sabia nem o nome da Maria. Sem nenhuma amizade, nenhum relacionamento, nenhuma simpatia, registraram nosso grande dia com cara de insatisfação.


Uma das coisas mais importantes em nossas vidas é a nossa família. E nós não temos isso apropriadamente registrado no nosso casamento. O avô da Maria, tido como um pai para ela, viajou sozinho, do interior do Pernambuco para SP. Ele tinha diabetes na época. Veio e participou do nosso casamento com enorme carinho e, no fim de tudo, nós temos UMA foto dele. Sim, apenas UMA. Dois meses depois ele faleceu.


 Temos também um vídeo tedioso, de 01h:30m de duração, com luz na cara e sem sensibilidade. Está jogado no fundo da gaveta. Ah, e as fotos? Temos apenas o álbum de 50 fotos, porque só avisaram depois que as fotos do evento seriam R$1000,00 à mais. Sem dinheiro na época, nós ficamos sem nossas fotos.


E assim carregamos a maior frustração de nossas vidas. Fossemos casar hoje, com o conhecimento que temos, deixaríamos de gastar em coisas menos importantes e investiríamos em um fotógrafo que realmente se preocupasse em registrar, com carinho e cuidado, um dos dias mais importantes em nossas vidas.


Vê a importância da fotografia? Fotografar casamentos não é clicar um botão; é contar uma história através das lentes, prestando atenção a todos os detalhes e personagens importantes. Por isso, nós enviamos um briefing completo, cerca de 01 mês antes do casamento, a fim de que os noivos informem todos os detalhes, familiares e convidados importantes no grande dia. Antes disso, claro, já criamos meses de um relacionamento saudável e atencioso com o casal.


Trate a fotografia do seu dia com muito cuidado.Vale a pena segurar outras coisas para poder contratar um fotógrafo à altura desse dia único e tão importante!